O que não serve para o Botafogo, jamais deveria servir para o Fluminense (por Antonio Gonzalez)

O placar histórico da derrota de cinco a zero para o Corinthians (a maior goleada sofrida pelo Flu para a equipe paulista) não me dá a chance para qualquer palavra de alento, mesmo que seja mentirosa.  Intragável a forma com que fomos derrotados.

Senhores, o Fluminense hoje mostrou a sua verdadeira cara, a atual identidade que é a verdadeira FALTA DE IDENTIDADE TRICOLOR.  A consequência da herança Peter, Abad, Mário, Flusócio, Tricolor de Coração, é trágica.  Tirando a nossa sala de troféus, obviamente construída por conquistas passadas, o que nos difere hoje de clubes como o Coritiba, a Chapecoense, o Figueirense da vida? Somente o que restou das antigas gerações da nossa torcida… Porque hoje ESTAMOS PEQUENOS, como time, clube e fome de títulos.

Um elenco mal montado, desequilibrado, velho, sem maiores horizontes no cenário futebolístico nacional. Existem verdades que estão na nossa cara e que para a grande maioria da nossa torcida foi melhor não querer ver.

Melhor virar a cara depois de uma vitória vinda mais do demérito rubro-negro do que de outra coisa, pensar que somos supremos e esquecer as cagadas da atual gestão…

Fomos eliminados na Sulamericana  pelo escrete do Unión La Calera e na Copa do Brasil pelo Atlético Goianiense (cuja folha salarial se resume a um Fred e a um Ganso, nada além disso).

O Fluminense deu muita sorte até aqui, teve na Covid-19 seu maior aliado… A falta de torcida nos estádios nivelou por baixo… Demos muita sorte por vezes, o tal gol cagado nos ajudou muitas vezes.  Graças a Deus fizemos uma gordura no 1º turno… Para quem (mesmo sem ter dado 2 treinos e nem assinado cheques) conseguiu ver na frente, sabia-se de antemão que o 2º turno seria diferente.  Os grandes encaixariam, os do meio atrapalhariam e os lazarentos, com a corda no pescoço, jogariam como franco atiradores.  Simples de ver.

Mas o percurso nos fez sonhar com a Libertadores, mas para chegar lá é preciso ser dirigido por gente competente, seja na presidência, seja como executivo de futebol, seja no banco de reservas.

Mas tem gente que prefere sonhar com o olor a perfume barato, desses que se confunde com a cortina de fumaça dos inferninhos do baixo meretrício.  Sempre se soube que o Marcão não tem cacoete para a função.  Imagina o auxiliar dele??!!

Tomamos um chocolate tático do Corinthians na primeira parte, mas conseguimos somente levar 1 gol.

O que você espera do intervalo: que alguém tenha visto que 90% dos ataques do Corinthians vieram pelo lado esquerdo da nossa defesa… Ou seja, deveria reforçar não somente a marcação no setor, assim como estrangular o subministro de bolas, não deixar as cabeças pensantes dos caras terem espaço e tempo para respirar…

Mas o iluminado Ailton foi noutra direção e optou pelas entradas do jovem ancião Nenê e do desconectado Lucca.

Conclusão: do meio para a frente, quando mais precisamos de velocidade, somente encontramos tartarugas… Yuri, Yago, Nenê, Lucca, Fred e Wellington Silva… Como pensar em ser velozes com esses caras todos juntos ao mesmo tempo dentro de campo. Somem a isso, a lentidão do Matheus Ferraz  e do Danilo Barcelos na defesa… Restavam o Callegari e o Lucas Claro, além do goleiro.

Corinthians 5 x 0 Fluminense (90 minutos em 5) - O Mancinismo está muito  online!
Lucas Claro foi um dos poucos que se salvou, mesmo estando lento na ação do primeiro gol corintiano

Quando acordamos, o placar já falava em 4 a 0…

E não me venham com o conto de que foi um acidente porque não foi.  CONSTATAÇÃO. Para os corintianos foi como roubar doce de criança.

Repito o que já disse antes: o Fluminense não será rebaixado, é praticamente impossível.  Mas infelizmente a vaga para a Libertadores, que deveria ser encarada como obrigação, começa a se distanciar.

Acreditar que os jogos contra o Sport, contra o Bahia, contra o Ceará, contra, o Coritiba, contra o Botafogo, contra o Goiás, contra o Fortaleza, serão fáceis é ser inconsequente.  Todos necessitam pontuar, podem estar jogando as suas vidas contra a gente (a exceção do Ceará que deverá estar lutando pela vaga na Sula).

De sobra ainda tem o Atlético Mineiro e o Santos.

Não tenho nem saco para escrever com mais profundidade… cansa! 

Mas tem uma imagem que demonstra o atual estágio das pessoas que dirigem o Fluminense.

E isso é fácil de entender…

O Botafogo é um dos virtuais clubes rebaixados, ocupa a 19ª colocação com 23 pontos. Teoricamente necessita vencer 7 dos 9 jogos que faltam, empatando os outros 2.

Pois bem, o que faz o Fluminense? Vai a General Severiano e contrata o 3º reserva da lateral esquerda dos caras… o tal de Danilo Barcellos.

Fluminense é goleado pelo Corinthians em São Paulo
Danilo Barcellos

Hoje 4 gols foram feitos em cima dele. 

Atenção Geração Nutella: O que não serve para o Botafogo, jamais deveria servir para o Fluminense!

De resto… FALTAM 3 PONTOS PARA OS 46 e LIBERTADORES É OBRIGAÇÃO.

No mais, juntos e misturados: Flusquinha, FluTv, Saudações Tricolores, Bastidores emplumados, Boteco Tricolor, Sentimento Tricolor, Comunicação do Fluminense, Influencers analfaburros, Tricolor de Coração, Democracia Tricolor, Flu Boquinha, dancinha de vestiário, cripto moedas, o vô tá on,  turma do contracheque e Esportes Olímpicos… Ir á merda é pouco para vocês… então aproveitem para tomar no cu e de mãos dadas, juntinhos, irem para a puta que pariu.

O FLUMINENSE NECESSITA SER PASSADO A LIMPO ANTES QUE DESAPAREÇA!

2022 é a última bala!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *