Soy Latinoamericano… Quarta-feira é Guerra!

“Coração americano
Acordei de um sonho estranho
Um gosto, vidro e corte
Um sabor de chocolate
No corpo e na cidade
Um sabor de vida e morte
Coração americano
Um sabor de vidro e corte” (San Vicente  –  Milton Nascimento)

Hoje temos que colocar toda a voltagem direcionada à Copa Sul-Americana. O jogo contra o Nacional do Uruguai vai ser o primeiro grande desafio que enfrentaremos na competição.

E não se trata de um clube qualquer: na sua sala de troféus tem 3 Libertadores, 3 Intercontinentais, 2 Interamericanas e 1 Recopa Sul-americana…  muito peso nas costas que o digam.

Ou seja, é um adversário que tem uma camisa de peso.

Levo fé nos nossos jogadores, nada além disso, pois o elenco como um todo é fraco, o treinador Marcelo de Oliveira, como muito mediano. Entretanto a força da nossa torcida vai ser quem irá ditar o ritmo. Se os nossos torcedores entrarem em alta sintonia, podem fazer a nossa camisa jogar e muito.

Sem dúvida, vai ser a primeira das 6 decisões que teremos pela frente para a conquista do torneio. E a nossa história necessita mais do que nunca esse feito.

Apesar da minha ojeriza à gestão Pedro Abad, Flusócio, Democracia Tricolor (os mesmos que elegeram o Gil Carneiro e o Álvaro Barcelos), é preciso deixar essas diferenças de lado durando os 100 minutos de jogo. Depois, qualquer reação espontânea, vinda das arquibancadas, se tiver que rolar… rolará!

Portanto… Hoje… QUARTA-FEIRA É GUERRA!!!

#MOVIMENTO

#FORAABAD

PS 1 – A minha solidariedade aos funcionários da Sanatto que estão sem receber há 3 meses;

PS2 – Essa imagem foi tirada do vídeo da final do Campeonato Carioca de 1995… A FORÇA FLU veio pesada…

Uma resposta para “Soy Latinoamericano… Quarta-feira é Guerra!”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *